domingo, 24 de maio de 2009

Faltam 19 dias...

Menos de três semanas para o dia dos namorados e eu preocupada que ainda não sei o que vou dar! (Não!) Tão difícil escolher presente, o que será que vou ganhar? (Não, nada!) Por enquanto fiz essa carta para meu amado (não), inspirada no filme "10 coisas que eu odeio em você", por sinal uma boa indicação de filme romântico e divertido.
Espero que tenham entendido os parênteses, seriam irônias ou uma outra personagem, e não eu, Ana Kita, a escritora do blog. Divirtam-se com mais uma carta.

Carta da namorada irritada

Eu deveria estar escrevendo sobre o amor, mas hoje não nos vimos, ontem nos falamos rápido, e amanhã você estará ocupado, por isso optei por dizer o que me irrita, como naquele filme que você não pode assistir comigo.
Eu me irrito quando você não me liga, eu me irrito quando eu ligo e você não tem nada a dizer. Eu me irrito quando temos que desmarcar um encontro, e eu me irrito mais ainda quando deixamos de marcar pelos seus compromissos. Eu me irrito quando você fala demais e não me ouve, mas me irrito tanto quando eu falo e você não responde. Eu me irrito quando me arrumo e você não repara, mas me irrito quando não me arrumo e você elogia. Eu me irrito quando você está comigo e fica olhando para o nada, mas eu me irrito quando você fica me olhando demais, sei que também me irrito quando você olha para outras ou quando eu digo de alguém que você não olhou. Eu me irrito quando você não me dá carinho, e eu me irrito quando consegue meu perdão só o dando. Eu me irrito quando você briga comigo, e eu me irrito ainda mais quando você fica brabo por eu brigar. Eu me irrito quando você fica longe, e eu me irrito se não me dá espaço. Eu me irrito quando você sai com seus amigos e não avisa, e eu me irrito quando eu saio com minhas amigas e você pede que eu avise. Eu me irrito quando você não se arruma para sair comigo, e eu me irrito pensando no motivo quando se arruma muito. Eu me irrito quando você esquece alguma data, mas eu me irrito se você faz tudo certo. Eu me irrito por você me amar mesmo quando estou irritada, e eu me irrito por você fazer a irritação passar. Eu me irrito se você não me der motivos para me irritar, porque vive me dando motivos para eu o amar.
E às vezes eu me irrito justamente por não me irritar.

Joinville, 21 de maio de 2009.

2 comentários:

  1. lol
    AIUHEIUEa
    quanta irritação u.u
    é logo é o dia dos namorados =p

    ResponderExcluir